Notícias


Unidade feita para produzir IFAs e produto final já tem consultas de farmacêuticas para fabricar anticorpos monoclonais e até vacinas para a covid-19, diz presidente A Blau Farmacêutica conseguiu da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o certificado de boas práticas para a nova fábrica de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) no complexo industrial de Cotia, em São Paulo. Segundo o presidente da empresa, Marcelo Hahn, na primeira fase do projeto, essa fábrica será capaz de produzir quatro IFAs, sendo que dois, são ingredientes para novos medicamentos que devem ser submetidos à aprovação da Anvisa.

Os outros dois são IFAs que a companhia importava da Argentina e China para produzir biofarmácos. Para essa unidade, segundo Hahn, a companhia investiu R$ 200 milhões e foi projetada para operar seis biorreatores de cinco mil litros. “Essa unidade foi construída para produzir IFAs e o produto final para terceiros também. Já temos consultas de farmacêuticas para fabricar anticorpos monoclonais e até vacinas para a covid-19. O próximo passo é entrar com o pedido de validação da fábrica na FDA, nos Estados Unidos, e na EMA (Agência Europeia de Medicamentos)”, disse Hahn.

A unidade começará a produzir os quatro IFAs no final deste ano. Isso porque, agora, a Anvisa tem que aprovar esses ingredientes que serão fabricados na nova unidade.

Nessa fase, de acordo com o executivo, os IFAs produzidos usarão a tecnologia de DNA recombinante para as proteínas Alfaepoetina, Filgrastim, Peg-Filgrastim e Somatropina (hormônio de crescimento). “Até o final de 2022, estaremos produzindo mais quatro IFAs nessa unidade. Serão ao todo oito produtos, sendo que seis são para medicamentos que ainda vamos lançar”, afirmou o executivo.

Segundo a companhia, esta nova fábrica de IFAs Biotecnológicos abre uma nova perspectiva para a companhia e para o Brasil por ter áreas dedicadas e segregadas — uma por cultivo celular (perfusão) e outra por bactérias (fermentação). Esta plataforma possui flexibilidade para produzir vacinas (com vírus inativado), anticorpos monoclonais, imuno-oncológicos, além das proteínas recombinantes. “Acabamos de dar um grande passo na verticalização de IFAs Biotecnológicos no Brasil”, ressaltou Hahn.

Marcelo Rodolfo Hahn, presidente da Blau Farmacêutica
Ana Paula Paiva/Valor

Fonte: https://www.redacaoagro.com.br/agricultura/blau-recebe-aval-da-anvisa-para-produzir-insumos-em-nova-fabrica-no-brasil/

https://emergencia190.com/noticia/4902/blau-recebe-aval-da-anvisa-para-produzir-insumos-em-nova-fabrica-no-brasil.html 

Português Inglês Espanhol Espanhol
+
+