Notícias

Após três anos, brasileiro Chris Hahn se despede da Euroformula Open

VOLTAR PARA LISTA COMPLETA


Chris Hahn encerrou no último domingo, em Monza, a sua terceira temporada na Euroformula Open. O objetivo era fechar o ano com um pódio na Itália. E passou perto. O jovem piloto brasileiro chegou a aparecer na terceira colocação durante boa parte da corrida, mas um acidente na metade da prova acabou o tirando da disputa e encerrando seu ciclo em uma das mais importantes categorias de F3 da Europa.

“Foi uma pena não ter conseguido o pódio. Estávamos competitivos e seria uma forma fantástica de fechar esta temporada e também meu ciclo na categoria”, disse o piloto que não seguirá na Euroformula em 2020. “Foram três temporadas fantásticas, de muito aprendizado e muita evolução”, completou Chris.

Ao longo de três temporadas – duas pela equipe espanhola Drivex e uma pela inglesa Carlin –, Chris Hahn conquistou 16 Top 10 e cinco Top 5, além de dois segundos lugares durante Winter Series deste ano, realizada em Paul Ricard. Em sua temporada de estreia na categoria, terminou o campeonato no 16º lugar. Já em 2018 alcançou o Top 10 da tabela pela primeira vez. O resultado se repetiu em 2019, mas com desempenho bastante superior em relação ao ano anterior.

“O aprendizado ao longo desses três anos foi muito bom. Este ano foi meu melhor ano na categoria e isso se deve justamente a esta experiência e evolução. Largamos entre os cinco primeiros em várias provas (sete no total), andamos entre os primeiros colocados em várias provas. Infelizmente não conseguimos completar algumas provas e isso acabou prejudicando o nosso resultado final. Não fosse isso, teríamos brigado pelo Top 5 do campeonato”, finalizou o piloto.

Português Inglês Espanhol Espanhol
+
+